Strato Feelings prepara novo clipe; disco virá no segundo semestre

Nova música de Jesus Lumma aborda aceitação e relacionamentos tóxicos
26 de fevereiro de 2021
“Tem biografia minha na biografia da Perla”, diz o autor de livro sobre a cantora
5 de março de 2021

Strato Feelings prepara novo clipe; disco virá no segundo semestre

Amcle Lima

Uma banda instrumental de “surf rock” não é algo exatamente comum. Acrescente influências das décadas de 1950 e 1960, do jazz primitivo e pitadas de psicodelia. Agora coloque humor (sem palavras, lembre-se que a banda é instrumental) e uma canção com o nome “As Aventuras de Xandão na Terra do Cubinho de 15w”. Misture tudo num caldeirão com um vídeo fazendo referências a filmes de suspense e terror, uma homenagem a Zé do Caixão e criação de horrores tipicamente joinvilenses, como o Monstro da Caieira, o Coveiro da Vigorelli e a Múmia Metalúrgica. Ah, tem também um clipe novo, ainda no forno, baseado na figura do Bandido da Luz Vermelha.

É a banda Strato Feelings, quarteto de Joinville, formado por André Alves na guitarra, Maiko Moreira no baixo, Ivan Almeida no piano e teclado e Thiago Quetes, na bateria. “Filmes de suspense e terror sempre fizeram parte do meu repertório, desde a infância, e os outros integrantes também compartilham esse gosto pelo gênero”, comenta o tecladista Ivan a respeito do clipe de “Surf Terror” lançado pelo grupo no final do ano passado. “Como o saudoso José Mojica Marins, o Zé do Caixão, nos deixou no começo de 2020, e estávamos planejando nosso primeiro videoclipe, tivemos a ideia de fazer um clipe com estética de terror trash para fazer uma homenagem a ele”, esclarece.

No vídeo, o pianista se transforma na Múmia Metalúrgica. Ele revela que foi um desafio fazer o clipe com a fantasia. “Não deu para tocar fantasiado, mas tive ainda que terminar a direção e operar a câmera com o traje”, acrescenta. A produção, toda em preto e branco, foi realizada pela Strato Filmes, ou seja, feita pela própria banda. “Por ter um conhecimento maior de audiovisual, eu encabecei, mas tem a participação de todos na concepção de roteiro e produção”, conta Ivan, que dirigiu e editou “Surf Terror”. Almeida além de músico, é também “dog walker” – passeador profissional de cães. Em 2014, ele participou do curta “Nós”, dirigido por Fernanda Lange, sua esposa, filme que discute a privação de liberdade dos “animais não humanos”.

A próxima produção da Strato Filmes é o novo clipe do grupo, que, conforme Ivan, terá uma estética bem diferente do primeiro. “A ideia era fazer uma música sobre algum criminoso famoso, flertando ainda com essa linguagem de terror no estilo, e surgiu a ideia de fazer uma música para o Bandido da Luz Vermelha, um personagem de Joinville”, conta o tecladista. A previsão de lançamento é para abril, e o filme vai intercalar cenas da banda e recortes da biografia de João Acácio Pereira da Costa explorando a técnica stopmotion.

A Strato Feelings finalizou a captação do primeiro disco e começa agora a etapa de mixagem. O lançamento do disco está sendo programado para o segundo semestre e a banda aguarda condições melhores em relação à pandemia e a possibilidade de shows ao vivo. “Não queremos fazer o lançamento virtualmente”, diz Ivan. Sempre com bom-humor, ele comenta que “uma vantagem do som instrumental é que dá para tocar de máscaras”. “A situação do brasileiro tem ficado mais difícil a cada dia e bom humor é uma arma pra superar a aguentar os trancos que a vida dá”, conclui positivamente.

A banda produziu o clipe de “Surf Terror” (confira aqui), com apoio do edital #SCulturaemSuaCasa da Fundação Catarinense de Cultura. O vídeo de “Bandido da Luz Vermelha” está sendo realizado com patrocínio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc através da prefeitura de Joinville. Aproveite e confira aqui o curta “Nós”, de Fernanda Lange, que tem música composta pelo pianista da Strato Feelings, Ivan Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *