Outubro Rosa é alerta para detecção precoce do câncer de mama

Boa higiene bucal ajuda na prevenção à Covid 19
01/10/2020
Fernando Krelling (MDB)
09/10/2020

Estamos em outubro, mês da campanha de conscientização que alerta as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, no Brasil, estimam-se mais de 66 mil casos novos para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil mulheres.

No mundo, o câncer de mama é a doença que mais acomete as mulheres: em 2018, ocorreram 2,1 milhões de casos novos, o equivalente a 11,6% de todos os cânceres estimados. 

De acordo com Lucas Sant’Anna, médico da equipe do Onco Center Dona Helena, de Joinville, este tipo de câncer acomete de 8 a 10% das mulheres em algum momento da vida. “As mulheres mais suscetíveis são com muitos casos de câncer de mama na família”, alerta o profissional.

Outros fatores que promovem risco menor, segundo o médico, são obesidade, primeira menstruação em idade muito jovem, menopausa em idade muito avançada, ingestão excessiva de álcool e nunca ter engravidado. A média de idade em que o câncer é diagnosticado fica por volta dos 62 anos. 

“O sintoma mais frequentemente observado é a presença de um nódulo na mama ou na axila. Menos frequentes, mas também presentes, são alterações na anatomia da mama como presença de assimetria, retrações, vermelhidão ou inchaço”, destaca o médico.

Como em quase todas as doenças oncológicas, quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de cura. E, para isso, é necessário realizar a mamografia. A idade indicada para início do rastreio varia, mas fica entre 40 e 50 anos para pacientes com risco habitual.

Segundo o médico, a adoção de hábitos de vida mais saudáveis pode diminuir a possibilidade de desenvolver câncer de mama. Entre eles, cita a diminuição da ingestão de álcool, a realização de atividade física regular e o emagrecimento para as pacientes acima do peso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.