Mostra on-line reúne 40 fotografias do Daniel Machado

Processo seletivo avalia startups para incubação até o dia 25 de fevereiro
19/02/2021
Galeria on-line anuncia primeira Coletiva Contemporânea 
23/02/2021

Amcle Lima

Com imagens capturadas ao longo de 13 anos de carreira, estreou no dia 15 de fevereiro a exposição “Excertos”, do joinvilense Daniel Machado. A seleção, com 40 imagens, pode ser vista até 15 de março, na galeria eletrônica EUEARTE.

“Quando passo por algum lugar, seja em viagens de lazer ou trabalho, ou até mesmo no cotidiano de Joinville, gosto de pensar nas infinitas possibilidades de ler uma paisagem”, revela Daniel. Para ele, a fotografia é uma maneira de capturar e fixar uma leitura da paisagem em um determinado momento. “Assim como o leitor faz excertos de frases que aprecia ao ler um livro”, compara.

Machado acredita que, para a fotografia ser considerada arte, é preciso haver a intencionalidade do fotógrafo/artista. “Essa questão precisaria de um artigo exclusivo para ser respondida e ainda assim haveria dúvidas e questionamentos”, pondera. Daniel entende que na fotografia artística o registro é um misto entre “imagem e imaginação, o ponto onde ambos se encontram em sua subjetividade”.

Algumas fotografias da exposição “Excertos” são intrigantes. Em “Listras”, Machado conta que, ao visitar um ateliê de artes visuais em Paraty (RJ), percebeu um gato listrado atravessando a rua em direção à porta do local, na qual estava um quadro que também continha listras na pintura. Sentou na porta, aguardando a composição, mas o gato desconfiado demorava a entrar. “Na hora em que ele entrou, fiz vários cliques, e um deles ficou perfeito por conta das formas e contrastes que criou”, conta.

Em “Andaimes”, o fotógrafo revela que as sombras em uma igreja em reforma na cidade de Morretes (PR) lhe chamaram a atenção. “As sombras me atraem muito, as projeções e como elas se transformam num elemento da composição e deixam a foto ainda mais interessante”, diz o fotógrafo, que almeja montar uma série com imagens das interferências causadas nos espaços em obras.

Em “Vitrais do Theatro”, Daniel buscou mostrar os dois estilos arquitetônicos do Theatro José de Alencar, de Fortaleza. Ele lembra que, ao entrar na Sala de Espetáculos, com seus vitrais Art Nouveau, percebeu a construção neoclássica do foyer do teatro, o prédio da entrada principal. “Pensei que seria uma forma bacana de mostrar esses dois estilos arquitetônicos, um sendo visto através do outro”, comenta. “E ficou muito interessante como próprio vitral coloca as suas interferências na visão; em partes do vitral, a imagem fica mais nítida, em outras, fica mais borrada, mudando até o clima da foto”, expõe. “Eu sempre busco fugir daquela ideia clichê  de trabalhar com uma grande angular fazendo aquela foto perfil de site de turismo”, completa.

Além das mencionadas, Joinville, São Francisco do Sul, São Miguel das Missões (RS), Paranaguá (PR), Ponta Grossa (PR), São Luis (MA) e os Lençóis Maranhenses são algumas das cidades e locais nos quais as imagens foram capturadas. Daniel é mestre em Patrimônio Cultural e Sociedade pela Universidade da Região de Joinville Univille, onde também atua como docente em disciplinas de fotografia. A EUEARTE é uma galeria on-line, criada pelo artista plástico residente em Joinville Edinei Lizeu Engler. A EUEARTE comercializa obras a partir do mercado primário de arte, ou seja, diretamente do ateliê do artista. Você confere aqui a exposição excertos de Daniel Machado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *