Joinville ouve e respira os vários sons do piano a partir desta quinta-feira

Camerata Florianópolis e mais 11 atrações em Joinville no fim de semana
13/09/2019
Comércio, hotéis, empresas e cinemas são “amigáveis aos pets”
27/09/2019

O piano vai ser a estrela na cidade das flores e da dança a partir desta quinta-feira (19). A realização do Pianístico 2019 retoma o desafio de transformar Joinville na capital do piano, com uma programação que promete encantar os apreciadores do instrumento, mesclando concertos e atividades didáticas, nomes internacionais, nacionais e, claro, talentos locais. Até domingo (22), serão quase 20 apresentações em pelo menos oito locais, entre salas de espetáculo e shopping-centers, uma livraria e uma galeria de arte, além da exibição de 12 músicos joinvilenses em cafés, lojas, livrarias, bares e restaurantes. A programação completa se encontra no SITE OFICIAL e, mais uma vez, é totalmente gratuita. 

A abertura oficial será no dia 19, às 20h, com duo dos pianistas Gilson Peranzzetta e Leandro Braga, no Teatro Juarez Machado. O carioca Peranzzetta é maestro, orquestrador, compositor e instrumentista, tendo sido citado pelo produtor norte-americano Quincy Jones como um dos maiores arranjadores do mundo. Já acompanhou artistas como Ivan Lins, Elizeth Cardozo, Gonzaguinha e Gal Costa. Braga, paulista, graduou-se em medicina, mas enveredou pela música popular e pelo jazz. Gravou com Chico Buarque, Caetano, Djavan e Ney Matogrosso, entre outros astros da MPB.
Também no dia 19, às 16h, na Sociedade Harmonia Lyra, o público será convidado a tomar um chá com a célebre Chiquinha Gonzaga, a primeira musicista de choro e a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil, no início do século 20. Chiquinha será interpretada pela pianista Olinda Allessandrini (foto abaixo). No espetáculo, e em outros momentos do Pianístico 2019, haverá a participação de atores trajados como cinco célebres pianistas – Elton John, Chiquinha Gonzaga, Mozart, Chopin, Beethoven –, em performances que estão sendo preparadas pelo diretor teatral Lucas David. Os atores também farão intervenções em locais públicos e shopping-centers, para divulgar a realização do festival.

A coordenação geral do Pianístico é de Albertina Tuma, que, com o bailarino Carlos Tafur, criou o Festival de Dança de Joinville e é nacionalmente reconhecida por sua atuação no setor cultural. Na coordenação técnica está Patrícia Sirydakis Macedo, professora de piano, com formação, especialização e ampla experiência em educação musical. Carlos Branco assina como diretor artístico.
Como já aconteceu no ano passado, o evento conta com vários destaques internacionais do piano, como é o caso do alemão Martin Münch, também diretor artísticos de festivais na Europa; o nicaraguense (radicado nos EUA) Donald Veja, músico e renomado professor de jazz; o ucraniano Dmytro Choni (foto no alto), vencedor, em 2018, do famoso Paloma O’Shea Santander International Piano Competition,na Espanha; e o chinês Chun Wang e o americano Tom Worrell, figura destacada da cena de Nova Orleans, um dos berços da música negra dos Estados Unidos.
Na área nacional aparece com destaque Gilson Peranzzetta pianista, compositor, arranjador, produtor e maestro e um dos mais renomados artistas brasileiros da atualidade. Outra grande atração é um nome local: Edson Sant’Anna, pianista que estudou e iniciou carreira em Joinville antes de se mudar para São Paulo, em 2005. Além de professor e de acompanhar diversos grupos, é um dos idealizadores do Piano Talks, plataforma de ensino e conteúdo digital sobre piano popular. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.