Educação patrimonial: uma imersão no “outro lado” do museu

Vamos viajar? SC é destaque em premiação do Grupo Abril
27/01/2020
Quase 1.900 servidores assumem nas escolas estaduais
04/02/2020

Quem frequenta o Museu de Arte de Joinville (MAJ) para apreciar suas exposições poderá, a partir de agora, conhecer outra importante atividade realizada pela equipe e praticamente desconhecida pela comunidade. Com o projeto intitulado Educação Patrimonial – Higienização do Acervo, o MAJ abre as portas para mostrar um pouco dos seus bastidores, apresentando ao público parte do trabalho de preservação, conservação e higienização das obras que compõem seu acervo.

“Queremos que as pessoas entendam que a instituição museológica é muito mais do que o espaço expositivo. Pela primeira vez em Joinville, é realizado um projeto que permite ao público acompanhar como o processo funciona, dando visibilidade ao trabalho realizado internamente”, explica a coordenadora do MAJ, Helga Tytlik. A atividade se divide em grupos de até dez pessoas, em uma das salas do MAJ que foi transformada em ateliê de conservação e higienização. O ambiente tem condições de luminosidade e temperatura controladas e, durante as visitas, os participantes utilizam equipamentos de proteção individual (EPIs), para evitar qualquer tipo de contaminação.

Nos encontros, a equipe do MAJ seleciona obras e apresenta aos participantes suas fichas museográficas, comenta sobre o autor, explica o trabalho de preservação, conservação e higienização do acervo e demonstra como é realizada a higienização mecânica das peças. Na visão do monitor Pedro Xavier, o projeto é interessante para toda a comunidade e mostra um lado dos museus quase nunca acessível ao público. “É uma iniciativa importante porque está relacionada a um trabalho que não é visto e que é essencial para que as obras perdurem, e as futuras gerações tenham acesso à arte e à cultura”, destaca Xavier.

O processo de preservação, conservação e higienização do acervo do MAJ é realizado pela equipe do museu sob orientação e acompanhamento da equipe técnica do Centro de Preservação de Bens Culturais de Joinville (CPBC), unidade vinculada à Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

Como participar

Os interessados em acompanhar a atividade do projeto Educação Patrimonial – Higienização do Acervo, precisam agendar a visita com antecedência, pelo e-mail educativomaj@gmail.com, e aguardar confirmação. As visitas são gratuitas e são realizadas por grupos de até 10 (dez) pessoas, de terça-feira a domingo, das 8h às 15h.

 

Foto: Divulgação Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.